Como Funciona

Os usuários se conectam ao Serviço Cloud VPN, que estabelece uma conexão SSL entre os hosts e garante a segurança da comunicação.
Esta conexão não interfere com o acesso à internet.

Componentes do Cloud VPN:

Vantagens em relação às VPNs convencionais:



A estrutura redundante de alta disponibilidade hospedada na Amazon AWS garante confiabilidade.

Arquiteturas suportadas

Host-to-Host

Definição: conexão entre dois hosts (computadores, servidores, rotedores, etc).
É a arquitetura padrão do Winco VPN, com a vantagem de permitir vários hosts interligados.

Host-to-Gateway

Definição: conexão entre um host e uma rede.
O gateway suportado nesta arquitetura é o Winconnection.

Gateway-to-Gateway

Definição: Conecta duas redes.
Como no caso anterior, o gateway suportado é o Winconnection.



Obs.: Nas arquiteturas acima, o Agente Cloud VPN deverá estar instalado nos hosts que se conectarão na VPN, à exceção do gateway com Winconnection - que já utiliza os protocolos do comunicação com o Cloud VPN.

Exemplos de configurações:

Acesso remoto a um Terminal Server

O Agente Cloud VPN deve ser instalado no Terminal Server e nos computadores que irão se conectar a ele.

Exemplo de configuração de acesso a um terminal server

Acesso remoto a um Servidor

Basta ter o Agente instalado no computador que fará a conexão remota e no servidor da empresa.

Exemplo de configuração de acesso a servidor na empresa

Acesso remoto a múltiplos servidores

Há duas formas de configurar esse ambiente:

* Como já descrito anteriormente, o gateway suportado pelo Cloud VPN é o Winconnection.

Exemplo de configuração de acesso a servidores na empresa
Exemplo de configuração de acesso a servidores na empresa

Conexão entre Matriz e Filiais

Há 2 situações típicas para a conexão entre uma filial e a matriz (com gateway):

Exemplo de configuração de acesso entre matriz e filiais
Exemplo de configuração de acesso matriz e filiais
Veja casos de uso do Cloud VPN
Top